Política Agrícola

ANIPLA apresenta impacto da proibição do uso de produtos fitofarmacêuticos na FNA

A Anipla e a ECPA, respetivamente, as associações nacional e europeia da indústria para a proteção das plantas, participam este ano na 54.ª edição da Feira Nacional da Agricultura, que acontece entre os próximos dias 10 e 18 de Junho e que tem como mote os “Cereais de Portugal”.

As duas associações irão abordar o tema do impacto económico e social da inibição da aplicação de algumas substâncias ativas na proteção da agricultura.

A Anipla distribuirá, entre os visitantes, informação sobre a campanha que está a promover a nível nacional: “Considere os Factos”. Com a informação será ainda entregue uma peça de fruta em que lhe falta uma parte, que representa a quantidade da produção deste fruto que estará em risco caso não sejam consideradas soluções sustentáveis para a protecção da produção face a doenças, infestantes e pragas.

Por seu lado, a ECPA será representada pelo Diretor de Public Affairs, Graeme Taylor, que é convidado pela Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) para falar sobre o impacto nos países do sul da Europa, com a proibição do uso de produtos fitofarmacêuticos. O convite surge no âmbito da Conferência Internacional, “Agricultura Mediterrânica na PAC Pós 2020”, que a CAP promove no dia 12 de Junho, a partir das 10h, no grande auditório do CNEMA.

A ECPA é responsável pela campanha “With or Without” que, desde 2016, tem vindo a dinamizar ações de grande impacto junto dos consumidores e do poder político europeu, com o objetivo de trazer mais ciência e dados fatuais para as decisões tomadas em torno da agricultura.

Deixe um comentário