Novas culturas

Ilha da Madeira aposta na cultura da tabaibeira

No âmbito do Plano de Desenvolvimento Estratégico para a cultura do tabaibo, a Secretaria Regional de Agricultura e Pescas da Madeira, através da Direção Regional de Agricultura, está a realizar um projeto de investigação sobre a cultura da tabaibeira, denominado Madeira Opuntias.

Este trabalho incide na prospeção de variedades existentes de tabaibo, bem como na instalação de campos de ensaio dos vários tipos de cultivares de tabaibo de polpa branca, laranja e vermelha.

A tabaibeira, que existe de uma forma desordenada na Ilha do Porto Santo, é uma cultura que poderá ser promissória, em virtude de tolerar solos pouco produtivos, de difícil cultivo e um regime hídrico extremamente desfavorável, vindo a constituir-se como um fator de desenvolvimento, onde outras culturas não encontrariam condições de rentabilidade.

Tratando-se de uma cultura de interesse para a RAM, encontra-se atualmente instalado um campo de ensaio no centro Experimental do Farrobo – Ilha do Porto Santo, com os diferentes tipos de variedades de tabaibo existentes no arquipélago.

campo de ensaio tem como objetivos principais selecionar as melhores variedades e dar a conhecer aos agricultores as práticas agronómicas que permitam revitalizar a planta e otimizar a produção de fruto, de modo a incentivar a adesão dos produtores agrícolas à plantação desta cultura.

Em simultâneo, o estudo contempla ensaios sobre o tempo de vida útil dos frutos após a sua colheita, a utilização de equipamentos de limpeza e retirada dos picos, o armazenamento e o embalamento dos tabaibos.

É intenção, com o desenvolvimento do projeto – Madeira Opuntias, gerar mais-valias que promovam o aumento de volume desta “nova” cultura e da qualidade da produção, bem como desenvolver a comercialização do tabaibo da Madeira.

Guida Gomes, Direção Regional de Agricultura