Desenvolvimento Local Evento

Acontece in loco – Montanha do Alto Minho

A ARDAL, a ESAPL – Escola Superior Agrária de Ponte de Lima, e a SPER  – Sociedade Portuguesa de Estudos Rurais vão organizar, nos dias 21 e 22 de outubro, o “Acontece in Loco – Montanhas do Alto Minho”.

Os participantes nesta iniciativa irão debater temas ligados aos territórios de montanha, nas vertentes agrícola, social, cultural e económica. Irão visitar Sistelo, aldeia que este ano entrou para a História, com a sua Paisagem Cultural a obter a classificação como Sítio de interesse nacional/monumento nacional, e por ter vencido o concurso das Sete Maravilhas de Portugal na categoria de Aldeia Rural.

No Mezio também irão visitar uma das Portas do Parque Nacional da Peneda-Gerês, em plena Reserva Mundial da Biosfera (Unesco),a qual aposta no tema da Conservação da Natureza e da Biodiversidade e abre passagem para a magnífica imensidão das montanhas e vales do Soajo e Peneda.

Para melhor entender as problemáticas e as oportunidades que se colocam às aldeias de montanha inscreva-se e venha participar nas experiências in loco e tertúlias organizadas.

A participação nas sessões e nas atividades é gratuita, mas sujeita a inscrição prévia.  Informações e inscrições aqui.

Esta iniciativa conta com o apoio da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, da Junta de Freguesia de Sistelo, da Associação Sócio-Cultural e Recreativa de Sistelo, da Associação Territórios com Vida e do Conselho Diretivo dos Baldios de Cabana Maior.

PROGRAMA

Dia 21 de Outubro: Natureza, Montanha e Desenvolvimento

Local: Mezio

9h30 – Sessão de abertura na Porta do Mezio – Parque Nacional da Peneda-Gerês

10h30 – Caminhada pela serra, rebanhos e gestão de combustível em áreas baldias.

13h00 – Piquenique na serra

15h00 – Tertúlia: os sistemas agro-silvo-pastoris em espaços de alto valor natural

  • Os sistemas agrícolas tradicionais, a biodiversidade e o desenvolvimento rural

(José Manuel Lima Santos, Instituto Superior de Agronomia -Universidade de Lisboa)

  • A nova silvo-pastorícia e os baldios de alto valor natural – que mudanças? Que viabilidade futura?

José Pedro Araújo (ESA/IPVC, investigador), Hugo Novo (Quinta Lógica, empreendedor), Joaquim Dantas (Território com Vida, empreendedor)

19h30 – Tertúlia Gastronómica – Sabores do Parque – temperada por conversa com o Joaquim Dantas sobre os seus projetos de gastronomia slow-food e ecogastronomia.

Dia 22 de Outubro: Paisagem Cultural, Montanha e Desenvolvimento – Local: Sistelo

9h30 – Sistelo – Inovar para revitalizar.

10h30 – Uma manhã passeando pelos lugares e socalcos de Sistelo – Sítio de Interesse Nacional / Monumento Nacional, num percurso interpretado por Fernando Barros (arquiteto/investigador, FAUP)

13h00 – Almoço em Sistelo, saboreando a gastronomia local

14h30 – Mãos nas Lãs – Oficina 100% Serra D’Arga – Maria Luísa Manso/Aida Pires

15h00 – Sistelo: oficina de inovação social

  • Partilha de ideias, preocupações e esperanças sobre Sistelo e sobre os passos a dar para organizar e integrar as pessoas, as entidades e as atividades que valorizam o território e motivam as suas gentes, envolvendo todos aqueles que acreditam que é possível e importante manter as aldeias de montanha do Alto Minho vivas, desenvolvidas, coesas e com consciência do elevado valor dos seus recursos culturais, naturais e paisagísticos.

18h00 – Despedidas e encerramento