Agroalimentar Evento realizado Investigação

Gestão da Água no setor agroalimentar com foco na Inovação e Criação de Valor

CEBAL promove Seminário sobre a gestão da Água no setor agroalimentar com foco na Inovação e Criação de Valor

Numa altura em que a reutilização de águas agroindustriais ganha especial protagonismo, o Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar (CEBAL), vai concretizar mais uma das suas atividades de disseminação do conhecimento científico e tecnológico, no âmbito do seu projeto de transferência de tecnologia, TeCMeM – TeCnologia de Membranas em Movimento, com um Seminário intitulado “Tecnologia de Membranas: A realidade da gestão da água no setor agroalimentar – O valor da Mudança”. Esta iniciativa, que conta com a forte apoio e colaboração da Administração da Região Hidrográfica do Alentejo da Agência Portuguesa do Ambiente (ARH Alentejo – APA) terá lugar no dia 05 de dezembro 2017, no Auditório da Associação Empresarial do Baixo Alentejo e Litoral (Nerbe/Aebal), em Beja, pelas 10h.

O projeto TeCMeM é uma aposta do CEBAL na divulgação e transferência de conhecimento científico e tecnológico ao nível da Tecnologia de Processos de Separação por Membranas, para o tratamento de águas residuais de indústrias agroalimentares da Região Alentejo. Desta forma, pretende-se promover a valorização económica de resultados de I&D produzidos, e alavancar o crescimento económico da região, com base em inovação, conhecimento, e soluções de elevado valor acrescentado, alicerçando novas iniciativas empresariais de base tecnológica.

O Seminário será palco de uma frutuosa discussão das atuais problemáticas na gestão da água no setor agroalimentar, nomeadamente nas águas residuais, com uma real aproximação de produtores e entidades gestoras. Será um confronto de realidades e perspetivas, para que sejam definidas estratégias reais e concretas de gestão da água, ajustadas à realidade produtiva. Adicionalmente, e com um grande foco no tratamento, reutilização e valorização do recurso hídrico, serão apresentadas várias abordagens inovadoras e multidisciplinares ao nível da gestão política e da gestão empresarial, bem como soluções científicas com tecnologias inovadoras para uma mudança sustentável e valorosa das atuais práticas e políticas ambientais.

Com a presença de agentes económicos das fileiras do queijo, vinho e azeite, entidades gestoras e comunidade científica nacional, juntamos a Indústria, a Gestão Política, e a Ciência e Tecnologia para promover um novo paradigma na gestão da Água, criando mais valor económico e ambiental.