Vinha & Vinho

Vinhos do Douro promovem-se no Mónaco

Diversas empresas de vinhos da Região do Douro que integram o Projeto Soul Wines, no âmbito da candidatura ao Sistema de Incentivos “Internacionalização das PME – Projetos Conjuntos”, para 2016/2017, organizado pela NERVIR- Associação Empresarial, participaram no Mónaco, na 22.ª  edição da mostra Monte Carlo Gastronomia, que decorreu no Chapiteau do Mónaco.

Esta Mostra contou com a presença de mais de 100 expositores de vinhos e produtos gastronómicos, franceses, italianos, monegascos e portugueses, onde se enquadram os vinhos do Douro e Porto, num espaço de 2500m2. Este evento foi realizado em parceria com diversas associações, nomeadamente a Associação dos Maitres de hotel italianos e franceses, a  Associação Monegasca dos Sommeliers, a Associação Slow Food Riviera Côte d’Azur, a Associação Monaco Goût et Saveurs, e a Associação dos Industriais de Hotelaria do Mónaco; participaram também no evento diversos chefs de alguns dos melhores hotéis do Mónaco e da Cote D’Azur.

Os produtores presentes deram a conhecer os seus vinhos do Douro e Porto aos visitantes da mostra Monte Carlo Gastronomie, num mercado onde são poucas as ações de divulgação dos vinhos portugueses, mas um mercado com grande potencial de crescimento; foram ainda estabelecidos contactos com importadores, hotéis e restaurantes, que poderão potenciar uma maior presença dos vinhos do Douro e Porto naquele mercado.

Participaram nesta Mostra as empresas: Quinta das Lamelas, PNC – Parceiros na Criação, Vinhos Teoria, MSS – Monte São Sebastião, Quinta da Barca, Vinhos de Favaios, Quinta do Mourão, Quinta dos Lagares, D’Origem, Casa da Caldeira, Quinta do Granjal, Quevedo Port Wine e Aneto Wines.

Esta participação encerra todo um conjunto de ações no âmbito do Projeto Soul Wines, que decorreu em 2016 e 2017, com diversas  ações no exterior, nomeadamente em Varsóvia, Berlim, Colónia/Dusseldorf e Dublin, assim como em Missões Inversas com visitas de importadores e jornalistas a produtores no Douro e na vinda de importadores para o In Douro Wine Export Business, que no presente ano contou com a presença de 33 importadores de 18 países.

Está já aprovado o Projeto Soul Wines 2, com ações previstas para 2018 nos mercados dos Estados Unidos, Bélgica, Holanda e Suécia, assim como apoio na participação em Concursos Internacionais de Vinhos e visita de Opinion Makers a produtores do Douro.