Hortofruticultura

Recomendações para novas plantações de bananeiras

As plantas de bananeira, obtidas por multiplicação in vitro, que podem ser adquiridas no Centro de Bananicultura, possibilitam aos agricultores realizarem a renovação de bananais antigos ou novas plantações com material vegetal seleccionado pelas suas características produtivas, isento de pragas e doenças.
As novas variedades multiplicadas permitem obter maior rendimento, pois atingem maior produtividade e melhor classificação comercial (qualidade).

De forma resumida apresenta-se as tarefas necessárias para a nova plantação.

Preparação do terreno
1- Mobilização e regularização do terreno: regra geral da camada superficial, cerca de 80 cm. de profundidade é suficiente, uma vez que sendo a bananeira uma planta herbácea, as suas raízes são superficiais (90% até 50 cm. de profundidade) e mantemos a camada fértil do solo na zona onde as raízes se irão desenvolver.
2- Análise de solo em laboratório, que permitirá efectuar as correcções necessárias de pH (o qual deverá ser próximo de 7) e de fertilidade do solo (teores de matéria orgânica de 3% são recomendáveis).
3- Desinfestação do solo, se necessário.
4- Eliminar tomateiros, aboboreiras e batateiras nas proximidades da nova plantação, porque são portadoras de viroses.

Plantação
1- Uma vez que as plantas estão enraizadas em turfa, efectuar uma rega abundante antes de as retirar do vaso.
2- Ao plantar, o nível inferior das raízes deve ficar 15 a 20 cm. abaixo do nível do solo, cobrindo-se o restante “torrão” de raízes com uma camada de terra.
3- O compasso de plantação recomendado deve ser de 2×2,5 m a 2,5×2,5m.

Regas
1- Durante os primeiros dias após a plantação deverão efectuar-se regas abundantes e frequentes (4 vezes por semana, se possível).
2- Para solos muitos secos e arenosos aplicar 30 litros/planta/dia durante a primeira semana.

Fertilização
Iniciar a fertilização 15 a 20 dias após a plantação, aplicando nos 2 primeiros meses, por planta e semana, 34 g de adubo azotado (ex. 26-0-0 ou semelhante) e 14 g de sulfato de Potássio.

Outras recomendações
1- Não efectuar a limpeza dos “filhos” antes da planta atingir 1 m. de altura. Manter apenas um rebento novo por planta, evitando o excesso de plantas e redução do arejamento da plantação, efectuando o desfilhamento (selecção dos rebentos laterais) fora do período mais frio, evitando danificar as raízes e o rizoma da planta mãe
2- Evitar o uso de herbicidas sistémicos antes da planta ter 2 m. de altura e de herbicidas de contacto até que tenham 1 m. de altura.
3- Manter apenas um rebento novo por planta, evitando o excesso de plantas e redução do arejamento da plantação, efectuando o desfilhamento (selecção das canhotas) fora do período mais frio e evitando danificar as raízes e o rizoma da planta mãe.
4- Manter a zona em redor do colo da bananeira livre de resíduos culturais.

Bruno Silveira
Divisão de Experimentação e Melhoria Agrícola
Centro de Bananicultura | Secretaria Regional Agricultura e Pescas
Escrito ao abrigo do anterior acordo ortográfico

Publicado inicialmente na edição n.º 209 (novembro 2017)