Evento realizado Formação

Nova vaga de candidaturas à Academia do Centro de Frutologia Compal

Pela sexta edição consecutiva, a Academia do Centro de Frutologia Compal vai voltar a selecionar 12 empresários frutícolas e atribuir três bolsas de instalação, no total de 60mil euros.

 Depois de já ter formado 60 empresários frutícolas em cinco anos e de se ter tornado numa formação de referência no setor frutícola a nível nacional, o Centro de Frutologia Compal volta a receber candidaturas para a Academia. Aqueles que ambicionam ser os fruticultores do futuro podem apresentar a sua candidatura até 23 de fevereiro

Podem apresentar candidaturas os empresários frutícolas de norte a sul do país que produzem ou pretendam produzir frutas como amora, cereja, framboesa, maçã, mirtilo, romã, pera Rocha, entre outras. Este ano há uma novidade: podem também candidatar-se os projetos com kiwi e groselha.

Os 12 selecionados participarão em mais de 80 horas de formação, com visitas a explorações modelo de norte a sul do país e sessões com módulos teóricos tão diversificados como fruticultura, associativismo, tecnologia, sustentabilidade, gestão agrícola e marketing.

O objetivo da complementaridade da formação teórica e prática é permitir aos formandos um contacto com a realidade, com novos modelos de negócio e técnicos altamente especializados, podendo também integrar uma rede de networking, que cresce de ano para ano e possibilita novas colaborações e parcerias entre participantes e importantes players do setor agrícola nacional.

Recorde-se que nos últimos cinco anos a Academia do Centro de Frutologia Compal formou 60 empreendedores frutícolas, num total de 400 horas de formação em 16 regiões, e atribuiu 300 mil euros em bolsas de instalação.