Evento realizado Formação

24H Agricultura Syngenta esgotaram inscrições

Esgotaram as inscrições para as 24H Agricultura Syngenta! 30 equipas, num total de 150 alunos, vão disputar a competição formativa mais aguardada do ano, nos dias 7 e 8 de abril de 2018, na Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, em Ponte de Lima.

Organizada sob orientação científica e pedagógica da Associação Portuguesa de Horticultura (APH), juntam-se a esta competição as empresas Syngenta, John Deere, Herculano Alfaias Agrícolas, Rocha Pulverizadores, Magos Irrigation Systems e Lipor.
Este ano a representatividade dos alunos inscritos é ainda maior do que nas duas primeiras edições. De Norte para Sul estão inscritos estudantes das áreas das ciências agrárias da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Instituto Politécnico de Bragança, Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Instituto Politécnico de Viseu, Instituto Politécnico de Coimbra, Escola Profissional Agrícola Afonso Duarte, Instituto Politécnico de Santarém, Instituto Politécnico de Portalegre, Universidade de Lisboa, Universidade de Évora e Universidade do Algarve.
De Espanha vêm três equipas da Universidade Politécnica de Valencia, o que consolida a dimensão ibérica do evento, iniciada na 2ª edição com uma equipa convidada desta mesma instituição, que este ano fez questão de trazer mais alunos, reconhecendo o interesse pedagógico das 24H Agricultura Syngenta.
Recorde-se que as 24H Agricultura Syngenta são uma maratona de 24h ininterruptas de provas teóricas e práticas de campo, que desafiam os participantes a encontrar soluções para problemas técnicos e de gestão da exploração agrícola. Os temas das provas são diversos, desde a qualidade da pulverização, condução e calibração de máquinas e alfaias agrícolas, dimensionamento de sistemas de rega, provas de vinhos e azeites, cálculos diversos para aplicação de fatores de produção, planos de gestão empresarial, entre muitas outras.
Com o mote «Pensar Global. Agir Local», esta edição propõe aos futuros agrónomos pensarem globalmente e agirem localmente, tendo em conta os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (Agenda 2030) da ONU.
São parceiros da APH na organização do evento a IAAS Portugal- Associação Internacional de Estudantes de Agricultura e Ciências Relacionadas e a SFORI, empresa de formação experiencial.