Opinião Pastagens & Forragens

“Trabalhamos na adaptação às alterações climáticas”

“Na Fertiprado trabalhamos também na possível adaptação às alterações climáticas previstas.

Neste momento uma das nossas linhas de investigação passa pela obtenção de genética mais resiliente.

Plantas que possam resistir melhor à seca e a fenómenos de encharcamento. Estamos também a investigar microrganismos que estimulam o desenvolvimento radicular.

Uma planta com um sistema radicular mais desenvolvido, pode explorar um volume de solo maior e ir buscar água mais longe, resistindo assim melhor à seca”.

João Paulo Crespo, CEO da Fertiprado