Agropecuária Tecnologia

Tecnologia de vanguarda para pesagem e contenção de bovinos

Troncos de contenção e balança eletrónica, são itens primordiais na pecuária moderna, mas existem ainda em baixa percentagem nas explorações

A população mundial está a crescer. Segundo estimativa da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), em 2050, passaremos dos atuais 7 bilhões de pessoas para mais de 9,5 bilhões.

África, Europa e China vão mais que dobrar a população urbana, que, por sua vez, impactará fortemente a procura por alimentos de melhor qualidade.

O Brasil é o único país em condições de atender de maneira sustentável, já que a sua agricultura e pecuária podem duplicar a produção apenas com o aumento da produtividade de carne e leite por animal, sem a necessidade de novos desmatamentos. Mas, sem o uso de tecnologia é impossível.

E o que existe de mais inovador nos dois setores estará na Agrishow, em Ribeirão Preto (SP-Brasil), entre 30 de abril e 4 de maio. Recorde-se que esta é a maior feira da América Latina e palco dos principais lançamentos de máquinas e implementos agrícolas e pecuários, segmentos que terão de aumentar em 60% a produtividade nas próximas três décadas.

Um problema porque a própria FAO posiciona o Brasil como “celeiro do mundo” e estima que os produtores rurais terão de aumentar em 60% a produção de alimentos.

“O tronco de contenção agiliza os processos na exploração de gado de carne, especialmente no momento da vacinação, castração, pesagem ou colocação dos brincos de identificação”, refere Gabriel Hauly, diretor da Açôres Balanças e Troncos, empresa pioneira no segmento, em atividade no Brasil desde 1956.

Gabriel Hauly também adverte que são equipamentos eficientes para garantir bem-estar aos animais e segurança aos funcionários, evitando acidentes. Outro item importante é a balança eletrónica, normalmente acoplada ao tronco de contenção.

“A balança eletrónica monitoriza o ganho de peso do lote, prática importante pelo facto de o produtor ser remunerado conforme o peso vivo do animal, além de garantir a dosagem correta de medicamentos”, lembra Hauly.

Tronco Premium III e Americano Premium III

O Tronco Premium III, equipamento lançado pela empresa Açôres na Agrishow, é recomendado para o produtor pecuário que cria e recria, já o Tronco Americano Premium III (na foto) é destinado aos dois sistemas, engorda, ciclo completo e confinamento.

São práticos, confortáveis, feitos em madeira nobre, tipo exportação, e dão acesso à cabeça e ao posterior do animal. Acompanham pescoceira ativada por comandos de acionamento curto e muito leve.

De formato conico e revestida de borracha, essa pescoceira não machuca o gado. Um alongador ainda facilita manejos arriscados como marcação a fogo na cara e colocação de brincos.

O portão anticoice é de correr. Assim, protege o operador e viabiliza a movimentação no local. O gradil 80×80 é resistente e se ajusta automaticamente ao corpo de animais de qualquer porte.

Entre outras características, tem duas janelas e três travessas inferiores com trinco bate-e-fecha, porcas autotravantes, pavimento antiderrapante em borracha e parafusos sem pontas.

Trata-se de uma tecnologia totalmente voltada ao bem-estar animal, para ele não se ferir ou perder qualidade de carne ao abate. Os dois produtos seguem com kits opcionais de imobilização e para movimentação dos operadores.

Robson Rodrigues