Hortofruticultura Internacional

Macfrut regista grande número de participantes internacionais

Um em cada quatro expositores é estrangeiro, superando a meta de 1.500 compradores, com a presença das principais redes de retalho do mundo e importadores europeus de frutas tropicais. O resultado será uma Macfrut 2018 cada vez mais internacional (Rimini, Itália, 9-11 de maio).

Há muitos países novos presentes, incluindo várias novas inscrições de África:  além do Sudão, Etiópia, Uganda, Tunísia e Egito, que confirmaram sua participação novamente este ano, a Tanzânia, Zâmbia e Moçambique fazem a sua estreia na Macfrut. Da América do Sul e Central haverá representantes da República Dominicana, Costa Rica, Peru e Colômbia – país parceiro deste ano – e a China está presente com cerca de 20 empresas.

Um dos destaques é a presença das principais cadeias de distribuição mundiais, como a Rewe (da Alemanha), Edeka, Spar (da Áustria), Jerónimo Martins (de Portugal), Biedronka (da Polónia), Carrefour Roménia, Lulu Hypermarket dos Emirados Árabes Unidos e muitas outras cadeias.

Finalmente, os expositores têm a oportunidade de interagir e conhecer mais de 1.500 compradores globais através da plataforma B2B disponibilizada para eles. Compradores, opinion makers, e tomadores de decisão também estarão presentes, principalmente da China, Europa Oriental, Índia e Rússia. Graças à primeira edição do Tropical Fruit Congress, a Macfrut também conta com a presença de importantes importadores de frutas tropicais da Bélgica, Holanda, Alemanha e Reino Unido e dos gestores das principais cadeias de distribuição da Itália.