Evento realizado Formação Olival & Azeite

Escola Superior de Azeite leva o curso de Mecânica de Lagares até Badajoz

Dias 22 e 23 de maio a Escola Superior de Azeite (Espanha) desenvolve em Badajoz uma formação dirigida ao setor do azeite, nomeadamente na área mecânica de lagares.

O curso, que a Escola tem ministrado noutras províncias espanholas como Jaén, Ciudad Real ou Tarragona, é direcionado principalmente para o setor profissional: gestores de produção ou professores com e sem experiência em engenharia mecânica na área da mecanização em olival.

«Decidimos levar este curso a Badajoz, tanto pelo número de lagares localizados nesta província, como pela proximidade de Portugal, país cada vez mais comprometido com o desenvolvimento de azeites de qualidade», referiu Marta Gonzalez, Diretora Executiva da Escola de azeite.

«Através deste curso, pretendemos contribuir para o melhoramento das habilidades dos mestres da região», continua.

«Uma campanha pode sofrer grandes perdas se não formos capazes de resolver um colapso específico», afirma Susana Romera, diretora técnica da escola e responsável pelo curso. Assim, através deste curso, «ajudaremos a reduzir os custos de reparação de máquinas devido ao mau uso ou má manutenção, bem como prolongar a vida útil das máquinas, reduzir o tempo de reparação de possíveis incidentes e economizar custos de serviços externos de revisão, manutenção e reparação de máquinas, entre outros».

O curso é dirigido por Susana Romera, diretora técnica da Escola de Azeite, e terá como orador de Juan Antonio Grañena, Diretor Técnico da Inoxcavonia, com mais de 20 anos de experiência como multimarcas de máquinas utilizadas na olivicultura.