Evento realizado Floresta

Marca “Montado de Sobro e Cortiça” lançada na Ficor

Coruche é palco da X Edição da FICOR – Feira Internacional da Cortiça – entre os próximos dias 24 e 27 de maio, momento para a apresentação oficial da marca “Montado de Sobro e Cortiça”, cujo principal objetivo é alavancar todo o território de montado de sobro.

A marca consiste num consórcio de 46 entidades, pertencentes essencialmente às regiões do Ribatejo e Alentejo, liderado pelo município de Coruche. A Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE “Montado de Sobro e Cortiça”, financiada pelo ALENTEJO 2020, pretende valorizar um recurso endógeno único no mundo, em territórios de baixa densidade. Dessa forma, a marca “Montado de Sobro e Cortiça” visa fortalecer as parcerias existentes, com os vários agentes da fileira e do território, com o objetivo de obter economias de escala para um forte reconhecimento e valorização do montado, tanto a nível nacional como internacional.

FICOR 2018: Principais Destaques

A X edição da tradicional Feira Internacional da Cortiça arranca no dia 24 às 18h00, com a presença do Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Capoulas dos Santos. Será nessa altura a apresentação oficial da marca “Montado de Sobro e Cortiça” e a entrega do prémio “Melhor Cortiça 2017” atribuído pela Associação de Produtores Florestais de Coruche (APFC), depois de um dia de visita pela indústria, montado e Observatório do Sobreiro e Cortiça, onde vai ser inaugurada a exposição “iCork – New Uses in Architecture 2.0” pelas 14h30.

Do programa faz ainda parte a Conferência “Cortiça – Um Setor em Mudança” da responsabilidade da Associação de Produtores Florestais de Coruche (APFC) e o Colóquio “Montado de Sobro – Património Natural e Cultural, um recurso turístico de excelência”, com a participação especial de Patrick Spencer, Diretor Executivo da Cork Forest Conservation Alliance, entre outras iniciativas.