Vinha & Vinho

CVR Lisboa elege novo presidente

A Comissão Vitivinícola da Região da Lisboa elegeu esta semana Bernardo Gouvêa para presidente da direção, substituindo Vasco d’Avillez que se encontrava no exercício do cargo há 8 anos.
Os vogais pela Produção e Comércio, Carlos João Pereira da Fonseca e José Bernardo Nunes respetivamente, bem como o presidente do Conselho Geral, José Luis Oliveira da Silva, foram reconduzidos.

Na tomada de posse, Bernardo Gouvêa realçou o papel decisivo de Vasco d’Avillez nos últimos 8 anos à frente dos destinos da CVR Lisboa, sublinhado que “Vasco d’Avillez e as direções anteriores deixam uma marca indelével na região, tendo conseguido dar um contributo significativo para que os agentes económicos no seu conjunto exportem presentemente cerca de 70% da sua produção. É de realçar que esta meta foi atingida no final do quinto ano de crescimento contínuo a 2 dígitos (+12% em 2017). Lisboa é a região mais medalhada do país, com um total 1.007 medalhas (novamente em 2017), o que demonstra largamente a qualidade elevadíssima dos vinhos produzidos pelos agentes económicos e tem um enorme potencial para se tornar a médio prazo na maior e mais representativa região vitivinícola de Portugal.”

Quem é o novo presidente? 

Bernardo Gouvêa é gestor, com uma vasta experiência na indústria dos vinhos em Portugal e com um histórico comprovado na administração e direção de diversas empresas de grande dimensão do setor.

Desempenhou ultimamente funções como Diretor-Geral da Adega Cooperativa de Redondo, tendo sido anteriormente o Administrador Delegado do Grupo Companhia das Quintas. Durante vários anos foi ainda Diretor Executivo e Administrador do grupo Bacalhoa Vinhos de Portugal, após ter terminado funções de gestão no grupo Esporão. Foi membro da Direção do G7 e Diretor não executivo da Anceve, tendo participado nos conselhos gerais da CVR Beira Interior, CVR Lisboa e tendo integrado o grupo de trabalho do segundo estudo Porter sobre o setor dos vinhos em Portugal.

A nível académico, tem formação em gestão com um Master of Business Administration (M.B.A.) pela Universidade Católica Portuguesa, é diplomado em Marketing e Publicidade pelo I.A.D.E e licenciado em Estudos Portugueses pela Universidade Nova de Lisboa.