Ambiente Empresas & Produtos Vinha & Vinho

Agricultura em Cantanhede vai ser mais sustentável

Na próxima campanha agrícola os agricultores da freguesia de Cordinhã, no concelho de Cantanhede, vão ter à disposição um Centro de Lavagem de Pulverizadores, para recolha e tratamento de resíduos de produtos fitofarmacêuticos.

A instalação do sistema Héliosec® (fornecido pela Syngenta) resulta de uma parceria estabelecida entre a Junta de Freguesia da Cordinhã e a multinacional e deverá beneficiar cerca de 210 agricultores desta freguesia, onde existe a maior mancha de vinhas da Bairrada.

De acordo com a informação avançada pela empresa, trata-se do primeiro Centro de Lavagem de Pulverizadores de uso comunitário em Portugal.

A primeira pedra do projeto foi lançada na passada sexta-feira, 29 de junho, com a presença do Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, que se deslocou à Cordinhã para conhecer a iniciativa. “Trata-se de uma obra relevante que demonstra a visão estratégica desta autarquia para uma área tão sensível como é o Ambiente e deve motivar outros autarcas do país a realizar investimentos semelhantes”, afirmou o governante.

O Héliosec® funciona por desidratação natural através do vento e da temperatura e elimina definitivamente os restos de calda e as águas residuais de lavagem dos pulverizadores. O sistema é composto por um tanque em polietileno com cobertura, que é montado sobre uma base de cimento. Os efluentes desidratam até à obtenção de um extrato seco, que fica depositado no filme do Héliosec®. A recolha dos resíduos é assegurada pela Syngenta.

A Syngenta dará formação aos agricultores sobre o uso do sistema Héliosec®, bem como sobre a correta utilização dos produtos fitofarmacêuticos, calibração e regulação dos equipamentos de aplicação.

Esta ação enquadra-se no âmbito do The Good Growth Plan, o compromisso da Syngenta a nível mundial para tornar as culturas agrícolas mais eficientes, respeitando o ambiente e as pessoas.