Ambiente Evento realizado

Plataforma Transgénicos Fora quer analisar índices de contaminação por glifosato

De acordo com a Plataforma Transgénicos Fora, em Portugal, as únicas análises disponíveis (realizadas em 2016) apontam para valores (de glifosato) dezenas de vezes acima da média europeia.

Com o objetivo de obter dados mais recentes a Plataforma está a organizar, até 21 de julho de 2018, a recolha e envio para um laboratório na Alemanha de amostras de urina dos portugueses interessados em saber o seu nível de contaminação. “Estes resultados irão mostrar quanta contaminação existe de facto em Portugal e permitir exigir junto de autarquias e governo que o uso de glifosato seja drasticamente reduzido e progressivamente substituído por alternativas que não prejudiquem a saúde dos habitantes e o ambiente de todos”, explica a informação avançada pela Plataforma.

A quem fizer a análise através desta iniciativa a Plataforma Transgénicos Fora esta envia, junto com o resultado, uma explicação simples do seu significado, uma comparação (anónima) com os resultados dos outros participantes e algumas sugestões para acelerar a descontaminação do organismo (e da família).

Uma vez que a Plataforma Transgénicos Fora admite não possuir fundos próprios que lhe permitam financiar as análises, e dado que cada uma tem o valor de 78,20 euros, apela à “auto-organização e conjugação de esforços em associações, bairros e comunidades locais!”

Mais informações aqui.