Formação

ACOS abre formações a partir de setembro

A ACOS – Associação de Agricultores do Sul está a preparar nova oferta formativa a iniciar a partir do próximo mês de setembro, na sua maioria co-financiada no âmbito do Portugal 2020, através de parceria com a CAP – Confederação dos Agricultores de Portugal.

Entidade formadora certificada, há vários anos, pela DGERT – Direção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho, a ACOS vai ao encontro das necessidades formativas dos agricultores e das empresas, nas áreas da produção animal, olival, vinha, regadio, mecanização, turismo rural, entre outras temáticas da atualidade, valorizando o conhecimento técnico e reforçando as competências dos ativos do setor agrícola.

A ACOS dá especial atenção aos jovens agricultores promovendo, nesse sentido, ações de formação base e complementar, conforme os critérios da legislação em vigor.

Ao nível do reforço da empregabilidade da região, a ACOS vai realizar novos cursos EFA – Educação e Formação de Adultos com dupla certificação, escolar e profissional. Estas ações de formação destinam-se a pessoas com idade igual ou superior a 23 anos e com o 9º ano de escolaridade.

Os Cursos de Técnico/a de Produção Agropecuária e Técnico/a Vitivinícola, conferem habilitação escolar ao nível do 12º ano, carta de tratorista e cartão de aplicador de produtos fitofarmacêuticos.

Os apoios aos formandos, no âmbito do co-financiamento, compreendem bolsa de formação, subsídio de alimentação, seguro de acidentes pessoais e, se aplicável, deslocações e acolhimento.

A Coordenadora do Serviço de Formação Profissional sublinha que “a ACOS faz um balanço bastante positivo da formação realizada neste primeiro semestre de 2018, quer pelo número de formandos certificados, quer pela aposta ganha numa formação de qualidade”.

Ana Carapinha salienta ainda que “a ACOS oferece formação profissional certificada de elevada qualidade em todo o Alentejo, contando com um vasto leque de parcerias com entidades do sector agroalimentar regional”.