Empresas & Produtos

Syngenta focada numa agricultura sustentável

Até ao final de novembro a Syngenta vai realizar um périplo de consultas e interação com os seus stakeholders a nível mundial, com o objetivo de construir uma visão partilhada para o futuro da agricultura sustentável. Através do diálogo e da escuta ativa, a Syngenta procura compreender melhor o papel que pode desempenhar enquanto empresa e os compromissos necessários de todas as partes para ajudar a concretizar esta visão partilhada.

A ideia, explica Alexandra Brand, Chief Sustainability Officer da Syngenta, é trabalhar com os stakeholders da empresa para construir explorações agrícolas viáveis, produtivas e resilientes, usando tecnologias agrícolas modernas que ajudem a alimentar a população mundial de forma segura, ao mesmo tempo cuidando do planeta. “Continuaremos a fornecer soluções aos agricultores e às comunidades rurais para ajudá-los a prosperar e a produzir alimentos seguros e nutritivos. Atualmente, a agricultura utiliza 70% da água doce do mundo e é uma importante fonte de emissões de gases com efeito estufa. Os nossos produtos e soluções ajudam a enfrentar estes desafios e a melhorar os resultados para o meio ambiente, em particular a saúde do solo e a biodiversidade”, afirma ainda.

Alexandra Brand prossegue, explicando que “uma vez concluído o processo de consulta, em finais de novembro de 2018, poderemos decidir onde concentraremos os nossos esforços. Os resultados da consulta ajudarão a formar a base de novos compromissos para alcançar uma visão partilhada sobre o futuro. Definiremos como acelerar o desenvolvimento de produtos e tecnologias que possam continuar a responder às necessidades dos pequenos e grandes agricultores e da Sociedade, no futuro. Também realinharemos as nossas prioridades e traçaremos um plano evolutivo do nosso bem-sucedido Good Growth Plan para o período pós-2020, com base nas conclusões desta consulta”.

Este processo de consulta terá diferentes formatos, incluindo mesas redondas e conversas individuais.