Hortofruticultura Inovação

E o prémio de melhor Jovem Agricultor Europeu vai para??

Manuel Maria Costa Grave foi quem recebeu o prémio “Melhor Jovem Agricultor Europeu” de 2018 atribuído no Parlamento Europeu ao seu projeto  com um investimento para instalação de amendoal superintensivo numa exploração com cerca de 70 hectares, na zona de Portel.

Este prémio foi atribuído no âmbito do Congresso Europeu de Jovens Agricultores, do Parlamento Europeu, numa organização dos eurodeputados Nuno Melo e Esther Herranz, com o apoio do PPE e de 23 eurodeputados embaixadores, um de cada Estado Membro, com a co-organização da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) e da ASAJA, organização de agricultores espanhola.
Manuel Maria Grave é um exemplo de uma nova geração de empresários agrícolas. Tem mestrado em Engenharia Agronómica e fez o seu percurso profissional em empresas de referência ligadas à produção. Mais recentemente apoiou a instalação de produções de frutos secos.
O investimento envolve a instalação de um amendoal com uma densidade de 2.469 árvores por hectare, com as variedades Soleta e Lauranne, ajustadas ao modelo superintensivo. Este projeto tem na sua génese uma grande preocupação ao nível ambiental e na gestão dos recursos hídricos. Este investimento deverá originar diversos postos de trabalho na região e criação de valor para o setor.
O Congresso Europeu de Jovens Agricultores é patrocinado pelo Grupo do PPE no Parlamento Europeu e tem como objetivo promover o desenvolvimento rural, a agricultura europeia e testemunhar o papel fundamental dos jovens neste setor.