Agropecuária Empresas & Produtos

wezOOt traz zootécnica de precisão à produção de animais

Juntar a tecnologia à produção agropecuária, promovendo a eficiência produtiva e o bem-estar animal. Esta é a missão do wezOOt, uma aplicação baseada em zootécnica de precisão, que permite agrupar todos os dados da exploração. Reunir e organizar a informação permite aos produtores a tomada de decisões a partir de dados estatísticos e objetivos. Além disso, o wezOOt funciona com uma lógica de alertas automatizados, que chamam a atenção do produtor para as tarefas a realizar.
A aplicação foi desenvolvida pela Digidelta Software, uma empresa com 29 anos de experiência em aplicações na área de saúde animal. Carlos Neves, administrador da empresa, considera que “ainda há uma grande quantidade de informação dispersa e sem ser utilizada nas explorações agropecuárias”. “Numa economia cada vez mais global e competitiva é fundamental poder ter o apoio de uma aplicação como o wezOOt, uma solução inovadora, direcionada para a produção e que traz ganhos na eficiência produtiva, na saúde e bem-estar animal e na rastreabilidade”, acrescenta.

Controlo na palma da mão
O wezOOt foi desenvolvido para permitir que o produtor possa ter sempre consigo os dados dos seus animais quer em casa, através de um computador, quer com a solução móvel, disponível para tablets e smartphones. O utilizador tem a possibilidade de trabalhar online e offline e todas as ações ficam registadas na cloud, evitando percas de informação e permitindo ao produtor deixar o papel e a caneta em casa.
Outra mais valia do wezOOt é a utilização de tecnologia RFID, permitindo uma ligação com diversos equipamentos de maneio, balanças, leitores de RFID ou mangas de separação, o que permite ao produtor poupar tempo e simplificar bastante as tarefas de maneio dos animais.
A aplicação não requer instalação e está disponível em www.wezoot.com, havendo um período de teste de 30 dias de utilização gratuita.

Aposta no crescimento internacional
A Digidelta Software apostou num lançamento lento de produto que permitiu o aperfeiçoamento da aplicação em profunda interligação com os primeiros utilizadores. “Atualmente o objetivo é conquistar o mercado português, pela fiabilidade e facilidade de utilização do wezOOt, e avançar para um crescimento sustentando nos mercados externos”, refere Carlos Neves.
Para isso a empresa continua com uma forte aposta na consolidação de soluções técnicas que respondam aos problemas concretos dos clientes. “Para desenvolvermos uma aplicação de sucesso é fundamental saber ouvir, aprender e evoluir, seguindo a nossa visão do projeto”, sublinha Carlos Neves.

Fruto da experiência de três décadas
O wezOOt assume-se como um marco importante na história da Digidelta Software, já que representa a entrada numa nova área de negócio, dirigida diretamente aos produtores agropecuários.
Há quase três décadas que a empresa cria soluções inovadoras por medida com especial foco nas aplicações para entidades governamentais, nas áreas da saúde animal, gestão de fundos comunitários e ambiente, entre outras. A Digidelta Software é a responsável pelo sistema oficial para a gestão da saúde animal em Portugal e já desenvolveu projetos para as entidades oficiais de Marrocos e Botswana.

Para ler na Voz do Campo n.º 220 (novembro 2018)