Agropecuária Internacional

Central Senepol LAB FIV amplia operações

Lançada há apenas três anos pelos empresários Aluisio Favaro e Wanderley Zucoloto, a Central Senepol LAB FIV projeta um crescimento acima da média, pautado pela expansão raça Senepol nos grandes centros produtores de carne bovina. Para atingir essa meta, a empresa especializada em reprodução animal planeou um calendário robusto com leilões, shopping de animais, dias de campo, além da ampliação do circuito Rota do Senepol, um diferencial que tem beneficiado muitos criadores, especialmente os pequenos e médios.

“Nunca houve tanta procura pelo Senepol quanto agora. A raça é adaptada ao clima tropical e os touros cobrem a vacada a campo, ajudando a reduzir o ciclo da pecuária e transferir qualidade à carne. A demanda por touros Senepol provados é gigantesca, a oferta ainda é restrita e este cenário não só valoriza a raça como também movimenta investidores”, pontua Aluisio Favaro, diretor da Central Senepol LAB FIV, que está empenhado em democratizar informações técnicas, genética superior e soluções em reprodução com o maior número possível de produtores.

A Central Senepol LAB FIV, que também atende outras raças, marcará presença em exposições estratégicas, principalmente na tradicional Exposição Agropecuária de Uberlândia – CAMARU ‘2019, palco principal do Senepol no Brasil.  O calendário prevê participação na Expo Umuarama (março), Expogrande (abril), Expo Araçatuba (julho), Exapit, em Tupã/SP (agosto) e CAMARU’2019 (setembro), entre outras.

Ampliação nas vendas de genética            

O grande diferencial da Central Senepol LAB FIV está na entrega de projetos completos. Iniciam na execução da fertilização in vitro em laboratório próprio e terminam com a entrega das receptoras com prenhes confirmada ou bezerro ao pé. “Incentivamos a participação do gado em provas de eficiência alimentar, de aspiração folicular e também no Programa de Melhoramento Genético do Senepol (PMGS), de forma a proporcionar maior credibilidade, além de um histórico completo da produtividade do gado”, complementa Wanderley Zucoloto, sócio de Aluisio.

Apenas em 2018, a Central Senepol LAV FIV, que atende cerca de 70 fazendas, gerou quase 5.000 embriões, entre congelados e transferidos, a partir de um acervo de 500 doadoras e mais de 40 touros diferentes. A previsão é que nasçam 1.200 bezerros este ano.  O primeiro grande evento  de 2019 será quase uma semana de vendas pelo Canal do Boi, de 1 a 4 de abril.

Produtos específicos serão ofertados a cada dia: 60 touros na segunda-feira, 50 recetoras com bezerro ao pé (macho) na terça-feira, doses de sêmen e aspirações na quarta-feira e embriões na quinta-feira, às 14 horas. Já às 20h30, o 2º Leilão Virtual Central Para os Amigos encerra essa primeira etapa, com 65 doadoras em oferta.

Em junho, convidados especiais visitarão as instalações empresa, sediada na fazenda experimental da Universidade de Marília (UNIMAR), durante o 2º Dia de Campo Central Para os Amigos. A programação contará com palestras sobre inovações tecnológicas, manejo, mercado pecuário, além de um shopping de animais Senepol PO.

Já em setembro, dia 5, será a vez da 1ª Leilão Reserva Central Para os Amigos, um dos principais destaques da CAMARU’2019, em Uberlândia (MG). “Reservamos a melhor genética para este leilão, que costuma atrair grandes nomes entre criadores e investidores. Destaque para as doadoras de melhor classificação nas provas de performance e no programa de melhoramento genético oficial da raça”, complementa Favaro.

O calendário encerra-se no final do ano, com mais uma semana de vendas pelo Canal do Boi, de 3 a 7 de novembro. No último dia, 7 de novembro, haverá outra grande oferta de doadoras, com a 3ª edição do Leilão Central Para os Amigos.

Rota do Senepol passa por 40 fazendas

Circuito que tem ajudado dezenas de pecuaristas, a “Rota do Senepol” passou por mais de 40 fazendas em SP, MG, GO, TO, MT, MS, RO, ES, PR, PA, RJ e RR. Nessas visitas, os técnicos da central avaliam as condições de pasto e o sistema de manejo dos criadores para recomendar acasalamentos que favoreçam o melhoramento genético do Senepol.  “Ao mesmo tempo que presenciamos o crescimento da raça nos deparamos com diferentes perfis de pecuaristas, muitos deles antes sem condições de aspirar suas doadoras em laboratório. Também descobrimos raçadores incríveis, mas pouco explorados comercialmente”, relata Aluisio.

Exportação de embriões ao Paraguai

No mês de abril, a Central Senepol LAB FIV deve embarcar os primeiros 150 embriões de Senepol ao Paraguai, berço do Senepol na América Latina. Em outubro do ano passado, a empresa foi visitada pela Família Baumgarten, da La Blanca Agropecuária, que investiu em sete doadoras e uma cota de 50% da Queen Victória da Brisa, animal com fenótipo desejado na raça. “Essa incrível doadora é a melhor de sua safra, desmamando com 310 quilos e ganhando muito peso ao sobreano. Sua conformação reúne, de forma equilibrada, padrão frigorífico, racial e fertilidade”, complementa Zucoloto.

As matrizes permanecem em coleta e seus oócitos são destinados a acasalamentos dirigidos, com foco no refrescamento de sangue da linhagem paraguaia 4×4.

Pec Press® – Comunicação Estratégica – no Brasil 
Rafael Albuquerque