Opinião

“É agora mais difícil aos produtores entrarem numa OP”

José Oliveira, CACIAL

A CACIAL perdeu a condição de Organização de Produtores que sustentou durante muitos anos. O Facto ficou a dever-se ao aumento do seu volume de negócio de 2017 para 2018, crescendo de 14 para 17 milhões de euros.

Considero que houve alguma precipitação nesta retirada de “estatuto” sendo agora mais difícil aos produtores entrarem numa OP (só há duas no Algarve), embora também assuma que nalguns casos sentiam que só havia interesse em fazer parte da Organização durante os três anos obrigatórios para obter majoração no projeto.

Enquanto Cooperativa a Cacial está apta a congregar a pequena produção “mas essa hoje já não existe. O que há a fazer é a reestruturação da pequena propriedade”, sendo que a CACIAL disponibiliza os meios e os serviços aos associados que não têm condições para o fazer.