Agroalimentar Evento

Seminário sobre valorização do Fumeiro de Montalegre para os agentes da fileira

No âmbito do Projeto Fumeiro de Montalegre – Cooperar para Competir e Desenvolver, decorrerá no próximo dia 30 de maio, entre as 10h00 e as 17h00, no Pavilhão Multiusos de Montalegre, o “Seminário: Valorização do Fumeiro de Montalegre”. A sessão é gratuita e destina-se a agentes da fileira do fumeiro de Montalegre.

Neste seminário o painel de oradores será constituído pelo Eng.º João Santos Silva, da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte (DRAPN) que irá apresentar as “Especificidades da produção de Fumeiro em Montalegre”. Seguir-se-à Armand Touzanne, que irá apresentar a Associação Porco Preto Bigorre Louey, em específico a comunicação e comercialização do Presunto. A apresentação da “Casa do Presunto de Montalegre” ficará a cargo do Dr. David Teixeira, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Montalegre e José Luís Nogueira, Presidente do Conselho de Administração do Matadouro Regional do Barroso e Alto Tâmega. Para fechar o painel, conta-se com a presença do Professor Luís Tibério, da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) que fará a apresentação do Plano Estratégico do Fumeiro de Montalegre.
Como moderador da sessão estará presente o Professor Alberto Moreira Baptista da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), que para além da direção da sessão irá também promover um espaço de reservado ao debate em “Mesa Redonda” que terá como convidados o Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, um representante da CCDR-N, e o Presidente da Câmara Municipal de Montalegre.
O projeto Fumeiro de Montalegre – Cooperar para Competir e Desenvolver, promovido pela Associação dos Produtores de Fumeiro da Terra Fria Barrosã, decorre de uma candidatura aprovada ao Sistema de Incentivos às Ações Coletivas, do Norte 2020 e estará em curso até julho de 2019, no Município de Montalegre. Sumariamente Tem por objetivo capacitar e dinamizar a fileira do fumeiro de Montalegre, com vista a criar um ambiente profícuo de coopetição (cooperação/competição) entre os diferentes agentes que contribua para a promoção da competitividade e sustentabilidade da fileira e do território.