Máquinas & Equipamentos

Inspeção obrigatória de pulverizadores. A partir de janeiro é de três em três anos

A DGAV alerta para obrigatoriedade de inspeção dos equipamentos de aplicação de produtos fitofarmacêuticos de uso profissional, em cumprimento do disposto no Decreto Lei n.º 86/2010, de 15 de julho.

Até 31 de dezembro os equipamentos de aplicação de produtos fitofarmacêuticos devem ser aprovados de cinco em cinco anos. A partir de 1 de janeiro de 2020 os equipamentos de aplicação de produtos fitofarmacêuticos devem ser aprovados de três em três anos.

O não cumprimento desta obrigação constitui uma contraordenação punível com coima e, em função da gravidade, podem ser ainda aplicadas sanções acessórias. As inspeções são realizadas pelos Centros de Inspeção Periódica de Pulverizadores de Produtos Fitofarmacêuticos (Centros IPP) reconhecidos pela DGAV.