Internacional Sanidade vegetal

Xylella já está presente em trinta municípios espanhóis e afeta três novas espécies

Segundo adianta a publicação Phytoma, os resultados das pesquisas realizadas desde a última atualização da presença de Xylella em Espanha na Comunidade Valenciana, confirmam 181 novos positivos em trinta municípios, todos, exceto Finestrat, já incluídos na área demarcada, que é expandida em 3% e já cobre 138.680 ha.

Dos 181 novos positivos, 142 correspondem a amendoeiras; 17, para Calicotome spinosa; seis, para Rhamnus alaternus; quatro, para Helichrysum italicum; três, para Polygala myrtifolia; dois, para Rosmarinus officinalis; e um, para Phagnalon saxatile.

Além disso, foram identificadas três novas espécies hospedeiras na Comunidade: Lavandula latifolia (positiva em Facheca), Lavandula dentata (positiva em Xalò) e Helichrysum stoechas (três positivas em Tárbena). Todas as plantas infectadas estavam nas proximidades das parcelas de amêndoa afetadas.