Política Agrícola

CONFAGRI defende a manutenção do Ministério da Agricultura e da Comissão de Agricultura

No dia seguinte às eleições legislativas de 2019 a CONFAGRI emitiu um comunicado onde manifesta que em seu entender é essencial a manutenção  do Ministério da Agricultura, das Florestas e do Desenvolvimento Rural, bem como da Comissão da Agricultura na Assembleia da República.

No documento pode ler-se que, “o debate sobre a agricultura portuguesa, a floresta e o desenvolvimento socioeconómico das áreas rurais, deverá assumir grande relevo na próxima legislatura. A mitigação dos efeitos das alterações climáticas, o futuro da nossa alimentação, a soberania alimentar, o ordenamento dos espaços florestais, a distribuição dos incentivos à atividade agroalimentar pós 2020 são, entre outras, questões que conduzirão a acesos debates na sociedade portuguesa, que exigem opções escrutinadas, ponderadas e responsáveis por parte dos decisores políticos”.

Por último, enquanto Confederação nacional representativa dos agricultores portugueses organizados de forma cooperativa, a CONFAGRI “manifesta a sua total disponibilidade para dialogar com o futuro Governo, bem como com as forças partidárias que integram o novo Parlamento, na procura das soluções que garantam uma atividade agrícola e agroalimentar sustentável no nosso país”.