Agrociência Agropecuária

Contraste Leiteiro, uma ferramenta do melhoramento genético

O que é o Contraste Leiteiro?
O Contraste Leiteiro consiste na avaliação da quantidade e qualidade do leite produzido por cada uma das fêmeas de uma exploração no decurso das sucessivas lactações, permitindo estimar a produção total de leite, gordura e proteína e fornecendo ainda informações sobre a presença de células somáticas, ureia e corpos cetónicos no leite.

Teor de Gordura: Teor Baixo, pode estar associado à ocorrência de acidose. Teor alto, pode indicar que a fêmea está em balanço energético negativo;
Teor Proteico: Teor inferior ao nível aconselhado pode alertar que o animal está em balanço energético negativo;
Teor de Ureia: Teor superior ao nível aconselhado pode estar fortemente associado a uma elevada quantidade de proteína solúvel degradável e uma baixa quantidade de hidratos de carbono fermentáveis no rúmen;
ß-Hidroxibutirato : Teor elevado pode alertar para a ocorrência de cetose;
CCS: Teor superior ao aconselhado indica que a fêmea tem mastite clínica ou subclínica

Recorrendo a métodos e meios aprovados internacionalmente, o Contraste Leiteiro constitui uma ferramenta essencial na gestão técnico-económica das explorações. Os resultados obtidos contribuem ainda, no âmbito da selecção e melhoramento animal, para a avaliação genética de reprodutores a nível nacional.

Porquê Fazer Contraste Leiteiro?
Simplesmente porque se não puder medir, não poderá comparar nem fazer uma boa gestão do seu efectivo leiteiro.
A globalização do sector do leite, conduziu os mercados para uma grande volatilidade de preços do leite. O Contraste Leiteiro dá-lhe a capacidade de poder analisar o seu efectivo e/ou o seu sistema de gestão da produção. Com base nas suas informações imparciais e confidenciais, pode melhorar a rentabilidade e a eficiência da sua exploração.
A ABLN através do seu serviço de Contraste Leiteiro e com o suporte informático do Bovinfor, ajuda-o a compreender melhor em que ponto se encontra e que objectivos quer atingir, através da comparação que faz entre a sua e todas as outras explorações.

Como funciona o serviço de Contraste Leiteiro?
A execução do serviço de campo do Contraste Leiteiro está protocolado entre a ABLN e as Cooperativas, enquanto o serviço de análise laboratorial está protocolado com o ALIP – Laboratório Interprofissional do Leite e Lacticínios. Todo o trabalho de edição e processamento dos dados está sob responsabilidade da equipa informática do Bovinfor, suportada pela consultoria técnico-científica da Universidade do Porto e da UTAD. A supervisão e a fiscalização de todo o processo são da responsabilidade da DGAV.

O Técnico Contrastador
O contrastador é uma peça-chave no serviço de Contraste Leiteiro. Ele tem a formação específica para prestar este serviço com rigor e qualidade e apoia-se na colaboração do produtor para que o seu trabalho seja realizado com as condições necessárias.
A confiança, o rigor e a independência são valores que o contrastador transmite na relação que estabelece com o criador e são fundamentais para o sucesso do serviço e para o sucesso da exploração de leite. Estes técnicos estão ao serviço das explorações leiteiras portuguesas para ajudar diariamente a criar valor e melhorar continuamente a gestão da exploração.

Que informação é que suporta o Contraste Leiteiro?
Através do Bovinfor pode ter uma imagem mais rigorosa e aprofundada da sua exploração e compará-la com as outras explorações, acedendo a muita informação:
· Produção e qualidade do leite vaca a vaca;
· Contagem das células somáticas vaca a vaca (CCS)e analise do período seco;
· Gestão reprodutiva e Balanço do seu efectivo;
· Listagem de animais em produção, secos, a inseminar a diagnosticar a verificar o cio;
· alertas, ocorrências e acções a tomar diariamente na exploração;
· Animais identificados, inscritos no Livro Genealógico e Classificações Morfológicas;
· Avaliação genética do seu efectivo;
· Situação do estado de saúde e tratamentos do seu rebanho;
· Gestão de medicamentos e em particular de antibióticos;
· Analise do indicador IOFC, indicador de ureia, indicador de BHB;Pré-visualizar (abre num novo separador)

Qualquer criador que pretenda iniciar ou retomar este serviço pode contactar a a ABLN.
Serão analisadas as condições da exploração nomeadamente no que respeita às regras de identificação animal e ao seu sistema de ordenha, discutidos os objectivos do criador e expectativas face aos vários domínios que o contraste leiteiro pode oferecer e quais as regras e os custos associados ao serviço.

Como pode o criador aceder aos resultados do Contraste Leiteiro?
Toda a informação associada ao Contraste Leiteiro está disponível online no sítio do Bovinfor em média, 3 dias úteis após o serviço ser realizado na exploração.
Os criadores podem ainda receber a informação em papel e através de SMS no seu telemóvel com a informação das vacas-problema no que diz respeito à contagem das células somáticas (CCS).

Os Resultados do Contraste Leiteiro

 

Evolução fenotípica e genética da produção de leite e morfológica

Quer saber mais sobre o serviço de contraste leiteiro?
Contacte a ABLN, através do email: geral@abln.pt
ou através do nº tlf: 252841520

Um artigo de António Ferreira
Eng.º Zootécnico | Secretário-geral da ABLN – Associação para o Apoio à Bovinicultura Leiteira do Norte

Publicado na Voz do Campo n.º 227 (junho 2019)