Agropecuária Internacional Tecnologia

Vacas usam óculos de realidade virtual para relaxar e aumentar a produção de leite

Numa quinta perto de Moscovo, as vacas estão a usar óculos de realidade virtual especificamente concebidas para bovinos de forma a “melhorar as condições das vacas”.

Assim que os óculos são colocados, as vacas passam a ver um pasto tranquilo e bem verde, mesmo que, na realidade, o dia esteja nublado e que o animal esteja rodeado por várias outras vacas.

Uma equipa de investigadores, veterinários e especialistas produziu simulações de campos de verão projetados especificamente para atrair as vacas. O objetivo é, de acordo com um comunicado, aumentar o bem-estar das vacas, cuidando do seu estado emocional e não apenas das suas necessidades físicas.

A realidade virtual já foi considerada o auge da tecnologia. Porém, algumas limitações ainda impedem uma popularização maior dos dispositivos no mercado. Ainda assim, os óculos com a tecnologia são utilizados em vários campos de atuação, incluindo o veterinário.

O Ministério da Agricultura de Moscou testa um protótipo de realidade virtual (VR) especialmente projetado para vacas. Os óculos foram projetados com base na estrutura de cabeça e nas peculiaridades da visão do gado.

O objetivo dos dispositivos é ajudar as vacas a relaxarem e se sentirem um pouco mais felizes. A ideia é fazer com que elas produzam mais leite ao simular a visão de um campo no verão.

A informação foi avançada pelo Ministério russo da Agricultura e Alimentação, citando pesquisas que associam a experiência emocional das vacas com a produção de leite. “Exemplos de explorações leiteiras em diferentes países mostram que num ambiente calmo, a quantidade, e às vezes a qualidade, do leite aumenta acentuadamente”, lê-se, segundo notícia da BBC.

Investigadores irão examinar os efeitos do programa num estudo a longo prazo.