Agroalimentar Inovação

Congresso INOVACTION apresentou projetos na área agroalimentar

O Congresso INOVACTION, foi promovido em parceria pela InovCluster – Associação do Cluster Agro-Industrial do Centro, CATAA – Associação Centro de Apoio Tecnológico Agro-Alimentar e CEI – Centro de Empresas Inovadoras de Castelo Branco.

A iniciativa decorreu no passado dia 27 de novembro em Castelo Branco, e contou com a presença de Cláudia Domingues Soares, Presidente da InovCluster, de Fernando Carlos Alves Martins, Diretor Regional de Agricultura e Pescas do Centro, de Luís Correia, Presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco e de Isabel Ferreira, Secretária de Estado da Valorização do Interior.

Na ocasião, a governante afirmou que “só as pessoas que estão nos territórios do interior é que percebem as especificidades dos seus próprios territórios” e que “a excelência dos produtos endógenos é muito importante para o desenvolvimento do interior”.

O Presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, Luís Correia, aproveitou o evento para recordar o sucesso da aposta por parte do município no desenvolvimento do setor agroindustrial, na criação de infraestruturas e no estabelecimento em Castelo Branco de um polo de desenvolvimento económico, salientando o importante papel da InovCluster, do CATAA e do CEi em todo este processo.

Cláudia Domingues Soares, reforçou a cooperação como essência da existência da InovCluster, o estabelecimento de relações de complementaridade entre vários parceiros do setor agroindustrial, que hoje congregam uma rede que conta com 8 fileiras agroalimentares e também complementares do setor, fundamentais para o seu desenvolvimento, salientando que “Juntos, somamos e Cooperando, multiplicamos”.

No desenrolar do programa, foram apresentados alguns dos muitos projetos na área agroalimentar, o “Cultivar”, que visa desenvolver e inovar o setor agroalimentar na Região Centro. Ou o Programa de Valorização dos Queijos DOP da Região Centro, um projeto que tem 2,2 milhões de euros de financiamento, e é liderado pela InovCluster.

O Congresso recebeu perto de 200 participantes e permitiu consolidar a posição de Castelo Branco como um concelho de referência de aposta no desenvolvimento económico, na inovação e no empreendedorismo.