Internacional Investigação Sanidade vegetal

Legislação europeia dificulta proteção biológica das culturas


Pub.


Investigadores da Universidade de Wageningen, na Holanda concluíram, num estudo publicado na revista científica “BioControl”, que a legislação da UE torna desnecessariamente caro, pesado e demorado o registo de soluções biológicas para controlo de pragas.

Para registar um produto são necessários em média 5 anos.

«Comprovámos cientificamente que os agentes de controlo biológico devem ser avaliados de forma diferente dos produtos fitofarmacêuticos. O que não está a acontecer. Para que sejam dados passos concretos rumo à agricultura sustentável, os agentes de controlo biológico devem ser autorizados mais rapidamente e com menores custos», defende Jürgen Köhl, autor principal do estudo.