Empresas & Produtos Vinha & Vinho

Adega alentejana da Ervideira encerra 2019 com faturação superior a 2,5 milhões de euros

O produtor alentejano de vinhos Ervideira fechou o ano passado com uma faturação superior a 2,5 milhões de euros, o que representa um crescimento de 12% face a 2018, revela recentemente a empresa.

A adega está situada perto da localidade de Vendinha, no concelho de Évora, junto à estrada de ligação a Reguengos de Monsaraz.

Em 2019, a Ervideira produziu 600.000 garrafas de vinho na região do Alentejo, e apenas 25% dessa produção foi exportada para 18 países, o que traduz uma “quebra de percentagem” nas vendas para esses mercados externos, que se deveu ao “crescimento das vendas” no “mercado nacional e no enoturismo”.

A empresa aposta agora no desenvolvimento do enoturismo que, segundo Duarte Leal da Costa, Diretor Executivo da Ervideira, “é, cada vez mais, um “things to do” quando se visita uma região. A solidez da nossa oferta e o crescimento sustentado que temos verificado permite-nos assegurar que ano de 2020 será um ano de viragem. É o ano que se assinala não só a entrada da 5ª geração na empresa, mas também a aquisição da totalidade do capital social ao resto da família, num processo que envolveu um investimento de 2 milhões de euros”.

A Ervideira é uma das empresas vitivinícolas seculares em Portugal, que produz vinho desde 1880. Atualmente, possui um total de 160 hectares de vinha, distribuídos pelas sub-regiões da Vidigueira e Reguengos de Monsaraz.