Floresta Investigação Rega

GO-REGACORK: Rega de precisão em sobreiros revela dados promissores

A equipa Pró-Flormed da Universidade de Évora e do Centro de Investigação MED organizou no passado dia 12 de fevereiro de 2020, em Avis, o evento Dia Aberto do Grupo Operacional de Rega de Precisão de Sobreiros em Modo de Produção Intensiva de Cortiça – GO-REGACORK, projecto co-financiado pelo PDR2020.

 

O Dia Aberto do Grupo Operacional REGACORK foi organizado em duas sessões. A sessão da manhã foi realizada no Auditório Municipal de Avis, onde se expôs a importância deste projeto e os avanços da investigação nesta temática e onde se incluiu uma mesa redonda de debate por parte de alguns parceiros do projeto. A sessão da tarde decorreu num povoamento de sobreiros regados na Herdade do Conqueiro, em Avis, onde está instalado um dos ensaios piloto do projeto.

 

A afluência de público a este evento foi evidente com a presença de cerca de 200 participantes realçando o grande interesse que existe por esta área de investigação aplicada,  – liderada pela equipa Pró-Flormed da Universidade de Évora – por parte da comunidade ligada à produção, gestão, indústria e investigação.

 

O GO-REGACORK é um projeto liderado pela Universidade de Évora e coordenado pelo Professor Nuno de Almeida Ribeiro, que inclui uma parceria de 14 parceiros, entre eles institutos de investigação, produtores florestais, instituições públicas e empresas privadas, como a Amorim Florestal. “As respostas ao nível do crescimento dos sobreiros em função dos tratamentos diferenciados de rega em teste até ao momento são bastante promissores, podendo mudar o paradigma da instalação de novos povoamentos de sobreiros com recurso a modelos de fertirrega eficiente e do reaproveitamento de áreas marginais de rega”, revela a equipa do projeto.

 

Informações mais pormenorizadas serão divulgadas nos próximos dias, mas entretanto todas as informações podem ser consultadas no site do projeto.