Covid-19

Fenapecuária afirma que os agricultores não vão faltar aos portugueses

A FENAPECUÁRIA afirma que se dúvidas houvesse sobre a importância vital do sector agropecuário nacional, a situação de emergência que vivemos veio, por infelizes razões, desfazê-las.

O Presidente da FENAPECUÁRIA, Idalino Leão apela, por isso, ao Governo e, em particular ao Ministério da Agricultura, para que “as medidas que vierem a ser implementadas sejam corajosas, ambiciosas, e permitam à fileira agroalimentar continuar a trabalhar com normalidade em todos os elos da sua cadeia, para que nada venha a faltar nas casas das famílias portuguesas”.

Presidente da FENAPECUÁRIA, Idalino Leão.

Idalino Leão salienta que “os alimentos precisam de chegar a casa de todos e que o fornecimento dos factores de produção aos agricultores, bem como a logística e o transporte dos mesmos, deve, por isso, ser salvaguardado”.

Aos agricultores deixou uma palavra de coragem, ânimo e resiliência que tanto caracteriza as gentes do campo, mais do que habituados às adversidades deste setor. “Nesta hora difícil, estou certo de que os portugueses saberão reconhecer o seu esforço, na valorização da origem Portugal dos produtos agroalimentares ao fazerem as suas compras”.