Na primeira pessoa

Syngenta

Queremos trabalhar com os nossos stakeholders para construir explorações agrícolas viáveis, produtivas e resilientes, usando tecnologias agrícolas modernas que ajudem a alimentar a população mundial de forma segura, ao mesmo tempo que cuidamos do Planeta

Alexandra Brand, Chief Sustainability Officer

A agricultura está passando por desafios sem precedentes. A disponibilidade de alimentos seguros, saudáveis e acessíveis deve ser sempre a prioridade.

No entanto, para que o nosso sistema alimentar seja sustentável, devemos considerar também que podemos fazer com que seja mais produtivo e rentável, de modo a que possa continuar a ser um meio de subsistência para milhões de agricultores em todo o mundo. A agricultura utiliza atualmente 70% da água doce do planeta e é uma importante fonte de emissões de gases com efeito de estufa, pelo que devemos continuar a oferecer soluções que ajudem a resolver estes problemas.

Nós acreditamos que se realmente queremos abordar de modo eficaz estes desafios, chegou o momento de iniciar um verdadeiro diálogo, direto e participativo, que ajude a recuperar a confiança perdida entre a Ciência e a Sociedade.

Os temas a tratar são complexos e precisamos de trabalhar de modo a gerar confiança nos setores de inovação agrícola. Qual é a melhor forma de conseguir culturas mais produtivas e rentáveis? Que papel têm as tecnologias agrícolas modernas na produção destas culturas? Quais são os modelos de produção e as políticas necessárias para apoiar todo este processo?

Os produtos e as soluções existentes, como por exemplo os fitofármacos modernos, as metodologias naturais e a agricultura climaticamente inteligente, podem ajudar a abordar estas questões. E sabemos que surgem a toda a hora novas soluções, como por exemplo o uso do poder da tecnologia digital para permitir uma gestão otimizada da proteção de terras e culturas agrícolas.

Como seria o futuro se ao adotar essas tecnologias e outros avanços pudéssemos acelerar o surgimento de novos progressos no mercado? O que ocorreria se pudéssemos criar outras formas diferentes de produzir alimentos? E se estas formas oferecessem ao mundo alimentos de maior qualidade, alimentando a população de forma segura, enquanto simultaneamente cuidamos do planeta?

Atualmente o conceito de agricultura sustentável tem significados diferentes para cada um de nós e é difícil encontrar um consenso global sobre como atingi-la.

Com tantos atores comprometidos ao longo da cadeia de valor alimentar, estamos a criar um conhecimento comum. Temos consciência de que se está trabalhando para conseguir melhores resultados, mas a falta de clareza no nosso conhecimento e nos nossos objetivos não nos tem deixado ir mais além.

Existe, no entanto, uma visão cada vez mais latente de que só conseguiremos dar resposta aos desafios da agricultura sustentável se consideramos o sistema como um todo, se evitarmos dar prioridade a uma perspetiva face a outra e se trabalharmos juntos para encontrar pontos comuns sobre as soluções mais adequadas.

Enquanto esperamos pelos resultados do próximo relatório do nosso plano global de compromissos The Good Growth Plan e qual será o rumo que tomará no futuro, continuamos a questionar-nos: e se pudéssemos acelerar o progresso para todos através da construção de uma visão comum? Um plano com o qual todos possamos trabalhar, independentemente do lugar da cadeia de valor alimentar em que atuamos. Um modelo que apoie um largo espectro de circunstâncias, mas todas elas com um mesmo objetivo em mente.

E se abordássemos os problemas globais cooperando e colaborando mais uns com os outros, pondo as nossas capacidades e conhecimento coletivo sobre a mesa para construir uma visão partilhada, com indicadores de progresso comuns para todos?

No mês de Setembro anunciámos na Syngenta o início de uma consulta a protagonistas do setor em busca de uma visão partilhada para a agricultura sustentável. O nosso objetivo é juntar diferentes opiniões numa única visão global, que tenha em conta diferentes perspectivas e sistemas agrícolas e que construa uma imagem única sobre como conseguir o nosso objetivo, graças a um trabalho conjunto.

Estamos orgulhosos do que conseguimos nos últimos quatro anos com o nosso plano global de compromissos. Mas queremos melhorá-lo.

Por isso estamos comprometidos em continuar a trabalhar para um futuro sustentável, junto com os nossos parceiros do setor, de forma construtiva e em conjunto.


Notícias relacionadas: 

Sogepoc e Syngenta unidas na preservação da Biodiversidade