Agroindústria Hortofruticultura

Porbatata quer colocar a batata na mesa dos portugueses

Até setembro está em curso a colheita da batata e, para desafiar os consumidores a colocarem a batata à sua mesa, a Porbatata – Associação da Batata de Portugal – lançou uma campanha nas suas redes sociais intitulada ‘Vamos pôr a batata em pratos limpos?’.

De acordo com a Associação, este ano a fileira da batata enfrenta enormes dificuldades. A pandemia de COVID19 praticamente paralisou as vendas para o canal horeca e, a par disso, são poucas as perspetivas de exportação.

“Amada por uns, incompreendida por outros, a batata é um alimento incontornável da gastronomia portuguesa. Com esta iniciativa queremos lembrar a importância nutricional da batata e o seu papel de destaque na nossa mesa e também na Dieta Mediterrânica. Estamos na época da batata e, por isso, este é o momento ideal para lembrar os portugueses da sua importância. É fundamental desfazer mitos e promover o consumo, sobretudo, no contexto atual”, diz Sérgio Ferreira, presidente da Porbatata.

A campanha da Porbatata tem o apoio institucional do Ministério da Agricultura e conta com a parceria do Crédito Agrícola. No vídeo, a circular nas redes sociais, é sublinhado que a batata é uma excelente fonte de energia, utilizada da cabeça aos pés (zero desperdício) e fonte de vitaminas, potássio e cálcio. É um pilar da gastronomia portuguesa, presente nos momentos de maior partilha. “Sou batata portuguesa – No lugar certo, na sua mesa” é o repto deixado. Em Portugal, o consumo per capita de batata é de 93,6 quilos por ano. É produzida em todo o país, com destaque para as zonas Entre Douro e Minho, Trás-os-Montes, Beira Interior, Beira Litoral, Oeste, Ribatejo, Península de Setúbal e Costa Alentejana. No total, a área ocupada pelo cultivo deste alimento totaliza 22 mil hectares e a produção média atinge as 400 mil toneladas anuais.



Artigos relacionados:

Porbatata quer colocar a batata no lugar certo: na mesa dos portugueses