Opinião

Hubel Verde

A palavra que caracteriza estes tempos é incerteza

João Caço, diretor executivo da Hubel Verde

“Não sabíamos – nem nós nem ninguém – o que ia acontecer, e isso obrigou-nos, por exemplo, relativamente aos fornecedores, a fazer um maior esforço de tesouraria para aprovisionar stocks. Tivemos que nos precaver, que antecipar encomendas, para termos stock suficiente para todos os clientes no caso do fecho de fábricas, de fronteiras ou de proibição da circulação dos meios de transporte terrestres…. Ao nível interno tivemos duas grandes preocupações: manter em segurança os nossos funcionários e as suas famílias e manter em segurança todas as instalações para evitar algum encerramento”, continua o responsável por esta empresa nacional, com sede em Olhão.

Mais do que os produtos que vendemos, a Hubel Verde acrescenta valor a este setor pela sua capacidade técnica e multidisciplinaridade. Nós temos uma equipa pensada na ótica da prestação de um serviço que aporte valor aos nossos clientes e isso reflete-se na quantidade de agrónomos que temos. Cerca de 50% da nossa força de trabalho são quadros qualificados na área da agronomia, apoiados por mais uma série de colaboradores em que muitos são igualmente quadros qualificados, como é caso das nossas áreas de gestão financeira, de logística, ou até de marketing e comunicação.”