Empresas & Produtos Hortofruticultura Sanidade vegetal

A importância das aplicações foliares

As fertilizações foliares são fundamentais para a gestão sustentável e produtiva das culturas permitindo disponibilizar os nutrientes às folhas e caules das plantas, em alturas críticas.

Com recurso à pulverização é possível promover a absorção dos nutrientes no local da aplicação. A partir desta absorção, os nutrientes são depois transportados, no interior da planta, para os locais onde estão a ser necessários.

Têm particular importância em situações específicas, como sejam:

1) Condições do solo que limitam ou impedem a disponibilidade de nutrientes aí aplicados fazendo com que as plantas entrem em stress (ex. solos encharcados);

2) Condições em que possam ocorrer elevadas taxas de perda de nutrientes aplicados ao solo (ex. chuvas intensas após aplicação dos nutrientes ao solo);

3) Quando necessitamos de, rapidamente, disponibilizar nutrientes à planta em alturas críticas do seu desenvolvimento (ex. floração/ vingamento; aplicações de potássio perto da maturação dos frutos);

4) Quando necessitamos de nutrientes com mobilidade reduzida no floema (como o Ca, B, Fe, Mn ou Zn); 5) Quando são observados sintomas de carência e é necessária uma correção imediata.


Fatores que influenciam a aplicação foliar:

1. A CALDA

As propriedades dos produtos a utilizar e a sua formulação são cruciais:

  • Tipo de formulação (Suspensão concentrada, Emulsão água em óleo, etc.)
  • Concentração de nutrientes
  • Solubilidade do produto
  • Tamanho molecular/Peso molecular
  • Carga elétrica
  • pH da solução e pH da água

2. O AMBIENTE

Diversos fatores ambientais podem alterar a eficácia da pulverização foliar:

  • Luz (a composição da cutícula foliar muda de acordo com a intensidade da luz)
  • Temperatura (efeito na taxa de secagem, por exemplo)
  • Vento (deve-se evitar a deriva)
  • Humidade (humidades elevadas do ar favorecem a absorção de nutrientes pois induzem, por exemplo, o intumescimento da cutícula favorecendo a absorção de compostos)

3. A PLANTA

Fatores inerentes à planta vão influenciar o sucesso da aplicação foliar, como sejam:

  • Folhas (anatomia, topografia da superfície, número de estomas, ceras cuticulares, idade, pelos, anatomia, turgidez)
  • Espécie/variedade (o tamanho das folhas afeta a facilidade das aplicações foliares)
  • Estado fisiológico (folhas mais jovens são mais ativas e a cutícula é mais fina)
  • Cutícula (cera cuticular, cera epicuticular)
  • Vasos vasculares que transportam os nutrientes das folhas para os tecidos onde são necessários

FITOALGAS GREEN

SPRINT PLUS

FORTAN

Tradecorp adquire empresa brasileira Microquimica - Agroportal