EMPRESAS & PRODUTOS Hortofruticultura

TEPPEKI. Controle os afídeos e as moscas brancas respeitando os auxiliares e polinizadores

A mosca-branca, Bemisia tabaci, é uma praga de importância mundial, polífaga, com aproximadamente 1500 espécies plantas hospedeiras entre culturas e adventícias.

É praga – chave em muitas culturas por todo o mundo destacando-se entre as mais atingidas, a cultura do tomate, pimento, beringela, batata-doce, pepino, bem como outras cucurbitáceas, solanáceas e leguminosas, além de ornamentais. Segundo o COTHN, em Portugal, foi detetada, pela primeira vez, em 1992 e está instalada no Algarve desde 1995, e no Alentejo e em parte do Ribatejo e Oeste desde 2006. No Ribatejo, na campanha de 2017, registouse a presença de B. tabaci, particularmente na cultura de tomate de indústria.

Os estragos diretos são causados pelas ninfas e adultos quando se alimentam da seiva das plantas e injetam saliva tóxica, provocando alterações no desenvolvimento vegetativo e podendo causar o amadurecimento irregular de frutos em tomateiro, sendo que altas densidades populacionais podem levar à morte da planta. A substância açucarada excretada pelos insetos induz o crescimento do fungo denominado fumagina sobre ramos e folhas, prejudicando o processo de fotossíntese e a aparência de frutos. Contudo, a maior preocupação deve-se ao facto da B. tabaci transmitir mais de 130 espécies de vírus, dos géneros Begomovirus, Crinivirus, Ipomovirus e Carlavirus, entre outros, alguns associados a graves prejuízos, como o vírus d enrolamento do tomate. Tomato yellow leaf curl virus (TYLCV).

A praga Bemisia tabaci requer uma estratégia de proteção que incida no conhecimento da praga, na monitorização regular e frequente e nos fatores de risco associados para que seja possível uma tomada de decisão no momento oportuno, integrando os diferentes meios de proteção.

Esta praga requer uma estratégia de proteção que incida no conhecimento da praga, na monitorização regular e frequente e nos fatores de risco associados para que seja possível uma tomada de decisão no momento oportuno, integrando os diferentes meios de proteção.

Além do desafio de controlar com eficácia uma praga difícil, os produtores deparam-se com desafios acrescidos: escolher soluções que se enquadrem nas exigências cada vez maiores da cadeia alimentar no que respeita a critérios de agricultura sustentável e alimentos seguros. Referimo-nos à gestão de resíduos, à escolha de soluções que se enquadrem numa estratégia anti resistência, e à escolha de produtos que sejam pouco tóxicos para o Homem, e para o ambiente i.e. com um perfil favorável para os insetos e artrópodes auxiliares, e para os polinizadores, o que quando se fala de inseticidas é ainda um desafio maior.

O TEPPEKI está autorizado para o controlo dos afídeos e das moscas brancas Bemisia tabaci e Thrialeurodes do Tomate ar livre e estufa e para o pimento estufa

TEPPEKI é um inseticida sistémico à base de flonicamida, que atua por contacto e ingestão sobre as formas móveis dos afídeos e moscas brancas. Uma vez ingerido ou absorvido, o inseto cessa imediatamente a alimentação, morrendo 3 a 5 dias após aplicação.

O TEPPEKI possui uma sistemia acroptal e atividade translaminar, penetrando rapidamente na planta, o que contribuiu para a sua excelente eficácia e persistência de ação de 2 a 3 semanas. A sua atividade é independente das condições externas de temperatura e luminosidade ou humidade

Aplica-se à dose de 100-120 g/ha em pulverização, ao início da infestação e poderá repetir a aplicação até ao máximo de 2 tratamentos por época, até à maturação dos frutos. O intervalo de segurança é de 3 dias. A flonicamida tem um modo de ação totalmente distinto dos outros inseticidas, pertence ao grupo 29 do IRAC possibilitando ao produtor alternar diversos modos de ação, e implementar uma estratégia anti resistências.

O TEPPEKI é um produto da investigação Japonesa da ISK, distribuído em Portugal pela Belchim Crop Protection. Com a recente autorização do TEPPEKI em Tomate ar livre e estufa e Pimento protegido, os produtores passam a dispor de uma solução eficaz, de uma família completamente distinta dos outros inseticidas, Com o Teppeki o produtor tem a certeza de poder escolher um produto seguro para o homem (sem classificação toxicológica), e para o ambiente. O Teppeki é o inseticida para afídeos e mosca branca com o perfil mais favorável para os auxiliares e polinizadores (OILB, Koppert e Biobest), Uma solução única, uma arma importante para a produtores nacionais.

Autoria: Maria do Carmo Romeiras, Marketing Belchim Portugal