Política Agrícola

Biodiversidade das terras agrícolas: o contributo da PAC não travou o declínio

O Tribunal de Contas Europeu avaliou se a política agrícola da União Europeia ajudou a preservar e a reforçar a biodiversidade das terras agrícolas, tendo concluído que apesar do compromisso assumido pela UE de travar a perda de biodiversidade até 2020, foram identificados diversos fatores que não permitiram esse resultado.

O Tribunal recomenda que a Comissão Europeia melhore a conceção da sua próxima estratégia de biodiversidade, reforce o contributo para a biodiversiddae dos pagamentos diretos e da ação para o desenvolvimento rural, acompanhe de forma mais precisa a despesa relacionada com a biodiversidade e desenvolva indicadores fiáveis e adequados ao acompanhamento dos progressos em matéria de biodiversidade das terras agrícolas.

Ver publicação (pdf).

Fonte: GPP