Empresas & Produtos Internacional Olival & Azeite

Grupo Sovena entra no mercado chileno

O Grupo Sovena, empresa portuguesa detentora das marcas líderes de mercado Oliveira da Serra e Fula, acaba de adquirir uma participação de 24.61% Soho SpA, o produtor líder na comercialização de azeite no Chile.

Jorge de Melo, CEO do Grupo Sovena, afirma: “é muito interessante para a Sovena entrar no mercado chileno, considerando que este país é um novo operador no mundo do azeite, produzindo azeite de alta qualidade, aspecto já reconhecido em todo o mundo. Ao entrarmos neste mercado com o Soho, um produtor bem estabelecido e com uma posição de mercado saudável, garantimos os elementos que têm sido a base de uma estratégia eficiente no nosso plano de expansão internacional, especialmente na América Latina. América e EUA”.
O produtor chileno Soho e o Grupo Sovena partilham a mesma visão e estratégia, uma vez que ambos estão presentes em toda a cadeia de valor e comercializam as suas próprias marcas. Juan Carlos Fabres Rivas, Presidente da Soho, é perentório em afirmar: “com a Sovena, temos muitas coisas em comum, desde valores e estilo, estruturas de propriedade e até estratégias comerciais e de marca. É importante juntarmo-nos a um operador desta envergadura, calibre e conhecimento para promover a nossa operação numa outra escala qualitativa e comercial e, assim, juntos, tornar o Chile um novo polo de exportação de azeites.”
Com vendas na ordem dos 15,5 milhões de euros que correspondem a 3,5 mil litros de azeite o produtor chileno é a maior companhia de azeite do Chile com una quota directa e indirecta de 40%. A sua estrutura acionista é familiar e emprega 80 colaboradores. Atualmente tem já 220 ha de plantações próprias de oliveiras e acordo para fornecer a produção de 450 ha de plantações dos seus parceiros, exportando para o Brasil, EUA e Alemanha.

O Grupo Sovena detém dois lagares e duas unidades industriais em Portugal, emprega um total de mais de 1200 colaboradores e é hoje uma das empresas líderes no setor do azeite a nível mundial, com uma presença ativa em mais de 70 países. Em 2019, o grupo atingiu uma facturação de 1.200 milhões de euros tendo comercializado mais de 200 mil toneladas de azeite.