Opinião

Centro de Biotecnologia e Química Fina (CBQF)

Se a nossa abordagem resultar, pretendemos que seja depois replicada para outras culturas

Marta Vasconcelos, coordenadora das atividades do projeto no CBQF

“O projeto INCREASE pretende aproximar os cidadãos (agricultores, consumidores, estudantes, etc.) a estes recursos genéticos, desenvolvendo coleções “inteligentes” de leguminosas mais acessíveis aos utilizadores e criando uma nova forma de valorizar e distribuir as variedades de quatro leguminosas na Europa: o grão-de-bico, a lentilha, o tremoço e o feijão.

O impacto na indústria agroalimentar virá em várias frentes: para os agricultores, o projeto irá determinar, de forma mais completa e atualizada, as características agronómicas (resistência a pragas, resistência à secura, etc.) de milhares destas culturas. Para os profissionais da indústria alimentar e consumidores, iremos avaliar as características nutricionais (níveis de proteínas, compostos bioativos, entre outros) e de qualidade tecnológica.

De seguida, iremos disponibilizar esta informação de forma aberta e mais facilmente acessível. A expectativa é a de promover o cultivo e, consequentemente, a disponibilidade de produção local destas quatro leguminosas, por forma a reduzirmos as importações de países terceiros e promovendo cadeias de circuito mais curtas e com menor pegada ambiental.”