Opinião

Ministro do Ambiente e da Ação Climática

É um facto. Não me deixa mais ou menos ufano do que sou habitualmente. Mas a semana passada quebrou-se um recorde: passei a ser o Ministro com a tutela do Ambiente há mais tempo no cargo

João Pedro Matos Fernandes, Ministro do Ambiente e da Ação Climática

“Quando estes marcos são quebrados, entendo que um governante tem o dever de fazer um balanço. Por isso, nos últimos dias questionei-me sobre quais são as marcas desta governação.

Primeiro, julgo que conseguimos conduzir a política ambiental afastando-nos do primado do “não” que caracterizou as da geração anterior à nossa. A política de Ambiente atual é de compromisso, não abdicando do essencial – a descarbonização da economia. Uma política, em poucas palavras, que nos compromete a todos e não abandona ninguém.

Foi e é uma política protagonizada por uma empenhada equipa que, nestes quatro anos e sete meses, chegou a ser a maior jamais a trabalhar nesta área governativa (quando conduzimos, em simultâneo com as tradicionais, a política de Habitação e da Energia) e foi, neste período, constituída por nove secretários de Estado.”