EMPRESAS & PRODUTOS Hortofruticultura

Dona Uva chega à mesa dos portugueses

Depois de meses a crescer nas regiões do Oeste e do Ribatejo, arranca hoje a colheita de uva de mesa Dona Uva. Frutalmente prevê produção de 3 milhões de quilos.

 A colheita de uva de mesa Dona Uva arranca nesta segunda-feira e a marca da Organização de Produtores Frutalmente chega à mesa dos portugueses já esta semana, depois de meses a crescer nas regiões do Oeste e do Ribatejo.

A Frutalmente estima uma produção de 3 milhões de quilos de uva de mesa. A primeira das 8 variedades a ser comercializada será a Cardinal, uva de bagos crocantes e sabor leve e fresco. A campanha deverá estender-se durante três meses.

Produzida em vinhas ao ar livre, sem recurso a estufas e plásticos, a Dona Uva nasce no Ribatejo e na região do Oeste, nas terras dos produtores associados da Frutalmente, a primeira e única Organização de Produtores de Uva de Mesa em Portugal. Até 2022, a organização está a investir quatro milhões de euros no aumento da área de produção e na modernização das suas infraestruturas. Atualmente a produção de uva de mesa ocupa cerca de 200 hectares.

Este ano a Dona Uva venceu, pelo segundo ano consecutivo, o Prémio Cinco Estrelas na categoria Fruta. A marca de uvas de mesa 100% produzidas em Portugal, destacou-se pela frescura, aspeto, sabor e doçura e conquistou um índice de satisfação de 78,1%, acima do resultado alcançado na edição de 2019 (77,5%).

“O início da colheita é um dos momentos mais esperados por todos os produtores e trabalhadores da Frutalmente. É nesta altura que vemos o resultado do trabalho feito ao longo do ano, de cuidado permanente das nossas vinhas”, comenta Mário Rodrigues, diretor executivo da Frutalmente.