Na primeira pessoa

(AMPV) Associação de Municípios Portugueses do Vinho

O setor do vinho não parou e o enoturismo em Portugal já deu mostras da sua força e resiliência

José Arruda, secretário-geral da Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV)

“O caminho faz-se caminhando. De facto, o caminho não tem sido fácil, mas tem sido muito profícuo. Vivemos momentos muito complexos, resultado da pandemia da Covid-19 que prejudicou produtores e comprometeu novos investimentos, colocou novos desafios ao setor e obrigou os profissionais a tomar sérias decisões. Mas o setor do vinho não parou e o enoturismo em Portugal já deu mostras da sua força e resiliência. Estes obstáculos, em vez de nos fazerem baixar os braços, tornam-nos mais audazes e desafiam-nos a encontrar caminhos alternativos e a seguir em frente.”

Nestes 13 anos ganhámos dimensão, hoje somos a força de cerca de 90 municípios. Consolidámos muitos projetos e encontrámos nos municípios associados a tenacidade para criar muito mais. A Associação das Rotas dos Vinhos de Portugal nasceu entre nós. Incentivámos a criação de uma rede de trabalho entre os espaços museológicos ligados ao vinho. Todos os dias trabalhamos para uma maior valorização do património rural e vinhateiro do nosso país.”