Hortofruticultura

Bolas de sabão polinizam fruteiras

A polinização por abelhas e outros insetos é um processo biológico essencial para cerca de três quartos das espécies agrícolas. Infelizmente, os pesticidas, a limpeza e desinfeção das terras e as mudanças climáticas têm causado sérias diminuições nas populações destes insetos.

Segundo um estudo publicado em Junho passado na revista IScience por Eijiro Miyako, cientista japonês, foi demonstrado com sucesso que as bolhas de sabão podem ser usadas na polinização das plantas, o que é vital para manter o mundo alimentado nas próximas décadas, face ao desaparecimento tendencial das populações de abelhas.

As bolhas de sabão, através do seu rebentamento quando tocam nas flores, podem veicular o transporte eficaz de grãos de pólen para as flores-destino, graças à sua viscosidade, maciez, alta flexibilidade e indução ao aumento da atividade do pólen.

Através de drones com rotas pré-programadas pelo utilizador, que transportam pequenos equipamentos de produção de bolhas com grãos de pólen (2.000 por bolha), sobrevoando pomares de pereiras, o autor obteve 95% de sucesso na produção de frutos.

Este estudo é o primeiro a explorar as propriedades das bolhas de sabão como veiculadoras de grãos de pólen, transportadas por drones com rotas e destinos programados.

Faça aqui o Download do artigo. ↵