Na primeira pessoa

” A inovação tem sido fundamental na agricultura em Portugal “

António Costa, Primeiro-Ministro

“Foi graças à inovação que, durante a última década, Portugal reduziu em cerca de 400 milhões de euros o seu défice alimentar, as exportações do setor cresceram em média 5% por ano e quem em 2019 as exportações do setor agroalimentar já representavam 11% da totalidade da exportação de bens de Portugal.

Portugal exporta neste momento para 185 mercados, «mais de 50 foram abertos nos últimos cinco anos. Reforçar a resiliência da Europa e acelerar a dupla transição digital e climática» são os dois grandes pilares que a estratégia europeia definiu para a agricultura.

A pandemia deixou claro que não podemos depender de cadeias de valor globalizadas em que, pela sua extensão, aumenta o risco de rotura de abastecimento de bens essenciais, como são os bens agroalimentares, a europa vai ter de saber produzir mais e melhor, aliando a resiliência à dupla transição.

O Investimento em inovação é crítico para o futuro da agricultura. Temos de produzir mais num contexto em que os recursos escasseiam e as alterações climáticas nos colocam desafios muito particulares. A agricultura dá um contributo inestimável para a regulação das alterações climáticas e o ambiente é indispensável para subsistência da agricultura.”

Extrato da comunicação na conferência da AgroGlobal 2020, na abordagem à Agenda da Inovação e plano da “Visão Estratégica para o Plano de Recuperação Económica de Portugal 2020-2030”.