Hortofruticultura Vinha & Vinho

Seis produtos portugueses protegidos no acordo comercial UE – China

O acordo assinado entre a China e a organização dos 27 países conferiu a proteção a 100 indicações geográficas europeias. Seis produtos portugueses estão assim englobados nessa lista.

O governo português saudou o acordo assinado entre a União Europeia e a China referente à proteção das indicações geográficas dos produtos, cuja entrada em vigor está prevista para o início de 2021. O Ministério dos Negócios Estrangeiros acrescentou, em comunicado, que alguns produtos portugueses farão parte da lista.

Conforme avança o Ministério dos Negócios Estrangeiros, entre os produtos portugueses englobados na proteção das indicações geográficas europeias encontram-se seis produtos portugueses, entre as quais a pêra rocha do Oeste, vinhos do Alentejo, Dão e Douro, Porto e Vinho Verde.

Quatro anos após a entrada em vigor do acordo, a proteção vai alargar-se a mais 175 indicações geográficas europeias, entre as quais sete portuguesas: azeites de Moura, Trás-os-Montes, Alentejo Interior, Presunto de Barrancos/Paleta de Barrancos, Queijo de São Jorge, Vinho da Bairrada e Vinho da Madeira.

“O potencial do mercado da China e o facto de este país ser o segundo destino para as exportações de produtos protegidos com indicações geográficas da UE reforça naturalmente a importância do acordo. O governo português congratula-se com o importante sinal político que representa o cumprimento dos compromissos firmados em anteriores cimeiras UE-China sobre a assinatura deste acordo”, indica o comunicado do Ministério da Educação.


Artigo relacionado:

UE e China assinam um acordo histórico que protege as indicações geográficas europeias