Na primeira pessoa

” Cada vez mais precisamos de produtos que correspondam às exigências do nosso consumidor “

Ana Abrunhosa, Ministra da Coesão Territorial

“No futuro, os fundos comunitários serão para impulsionar uma agricultura mais inteligente e amiga do ambiente e para desenvolver centros de competência que trabalhem com os produtores, ajudando-os a resolver os problemas com conhecimento, com criatividade e com inovação, sobretudo a questão da auto insuficiência do nosso país e da importância de internacionalização.

Cada vez mais precisamos de produtos que correspondam às exigências do nosso consumidor, que hoje quer produtos que respeitem o ambiente e o solo e que não desperdicem os nossos recursos, nomeadamente a água. Cada vez mais os nossos consumidores estão disponíveis a pagar por produtos que cumprem estas exigências e, portanto, os nossos apoios serão no sentido destas tendências.

É preciso que os produtores tenham a perceção de que a certificação traz um valor acrescentado ao seu produto e, trabalhando com a academia e com centros e conhecimento, é possível ajudar a consolidar esta ideia.”

Durante o último webinar do projeto CULTIVAR, realizado recentemente.