Agroalimentar

Greve pode afetar estabelecimentos de abate

A DGAV alertou os estabelecimentos de abate para a greve, convocada a partir de 14 de Outubro e com duração até ao final do ano, ao aumento do horário diário de trabalho e ao trabalho suplementar em dias de descanso semanal ou feriados.

A Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas entregou um pré-aviso de greve que pode afetar o funcionamento dos estabelecimentos de abate entre 14 de Outubro e 31 de Dezembro.

De acordo com a nota da Direção Geral de Alimentação e Veterinária a greve anunciada diz respeito ao “trabalho a prestar para além da duração diária de trabalho e ao trabalho suplementar a prestar nos dias de descanso semanal, obrigatório ou complementar e em dias feriados”.

A máxima divulgação desta nota da DGAV pretende ajudar a diminuir os eventuais impactos que esta greve possa ter sobre o funcionamento dos estabelecimentos de abate.

Fonte: DGAV