Agroalimentar Certificação Política Agrícola

Manteiga dos Açores reconhecida como Denominação de Origem em Portugal

A Secretaria Regional da Agricultura e Florestas, através do Instituto da Alimentação e Mercados Agrícolas (IAMA), informa que a manteiga dos Açores foi reconhecida a nível nacional como produto com Denominação de Origem (DO), enquanto aguarda a decisão da Comissão Europeia quanto ao pedido de registo como Denominação de Origem Protegida (DOP).

Este reconhecimento constitui uma “mais valia” para todo o setor agrícola açoriano, pelo que pode significar em termos de novas oportunidades de negócio e valorização da produção.

Associar a manteiga dos Açores aos regimes de qualidade da União Europeia insere-se na estratégia regional de salvaguardar as caraterísticas específicas deste produto, vinculado à sua origem geográfica e ao saber fazer local, mas, simultaneamente, “aumentar a confiança dos consumidores na manteiga e ajudar a aumentar a notoriedade das produções agrícolas açorianas”.

Iniciado em 2018 pelo Centro Açoriano de Leite e Lacticínios (CALL), na sua qualidade de Agrupamento Gestor, o processo de registo da Manteiga dos Açores DOP implicou a elaboração de um caderno de especificações que descreve o produto, as regras de produção e a sua relação com a área geográfica.


Artigo relacionado:

Certificação da Manteiga dos Açores DOP cumpre mais uma etapa